top of page
logo_edited.jpg
Acupuntura medicina tradicional chinesa

Medicina Chinesa

A Medicina Tradicional Chinesa consiste na arte de observar o ser humano como um todo. Baseia-se no conhecimento de que, para além de matéria, somos também energia - "Qi". que circula ininterruptamente por todo o nosso corpo, especialmente em canais designados por meridianos de acupuntura.

Para esta medicina, a doença consiste num desequilíbrio energético e, para tratá-la, é imprescindível realizar-se um diagnóstico preciso, específico desta medicina, onde se observam as manifestações energéticas na globalidade.

 

O diagnóstico consiste em identificar qual/quais o(s) desequilíbrio(s) energético(s) que é necessário corrigir. A partir deste diagnóstico, é elaborado um plano de tratamento personalizado.

A acupuntura, a fitoterapia, a dietética chinesa, a massagem Tui Na, a ventosaterapia, a moxabustão, o Tai Chi e QiGong são os ramos que constituem a Medicina Tradicional Chinesa.

Através da acupunctura é possível actuar ao nível da circulação energética nos meridianos, introduzindo agulhas em pontos específicos destes meridianos.

A farmacopeia chinesa, isto é, a suplementação à base de ervas (fitoterapia) minerais e substâncias de origem animal, é utilizada com o intuito de equilibrar/fortalecer energeticamente.

A dietética chinesa consiste no aconselhamento alimentar tendo em conta a qualidade, quantidade e modo de preparação dos alimentos.

Através da massagem chinesa, chamada Tui Na, mobiliza-se a energia ao longo dos meridianos. 

A aplicação de ventosas no corpo - ventosaterapia- promove a eliminação de toxicidades e mobilização da energia. 

Pode ser necessário aquecer pontos de acupuntura e, nesse caso, o terapeuta recorre ao uso da moxabustão ou da aplicação de lâmpadas de infravermelhos ou TDP.

Estes são os quatro recursos da Medicina Chinesa que se costumam utilizar em clínica.

O Tai Chi e o QIGong são modalidades de ginástica energética, baseada em movimentos lentos combinados com exercícios respiratórios.

A Medicina Chinesa tem demonstrado ser benéfica no tratamento de doenças do foro dermatológico, gastrointestinais, psíquicas, endócrinas, musculoesqueléticas.

 

Alguns exemplos de patologias em que esta medicina tem demonstrado produzir efeitos bastante positivos:

 

  • Alterações do sistema nervoso (depressão, ansiedade, alterações de humor)

  • Enxaqueca

  • Insónia

  • Zumbidos e vertigens

  • Asma

  • Sinusite

  • Alergias

  • Dor crónica

  • Dor lombar e ciatalgia

  • Náuseas e vómitos

  • Diarreia e obstipação

  • Hipertensão arterial

  • Problemas menstruais e síndrome menopáusico

  • Infertilidade

  • Problemas osteoarticulares

  • Dependências (alcoolismo, tabagismo, …)

Para agendamento, contacte:


Dra. Marta Batista- 924 297 757
1ª Consulta de Medicina Chinesa  - 65€

Tratamentos seguintes de acupuntura - 30€
Acupuntura + Terapia Manual -50€

 

bottom of page